Mude Seu Idioma / Change Your Language / Cambia Su Lengua

sábado, 11 de setembro de 2010

JOLINE ANDRADE É PRÉ DA BDSS!!! O Reconhecimento pelo seu trabalho não tem preço 2.

Pessoal, hoje temos outro momento de satisfação e felicidade!

Fui informada por uma colega da comunidade do Orkut FANÁTICAS POR DANÇA DO VENTRE que a bailarina brasileira JOLINE ANDRADE é uma das pré-selecionadas da Cia BDSS - Belly Dance Super Stars, pela ocasião da apresentação do grupo no espetáculo DSA - Dancers South America, organizado pela bailarina ADRIANA BELEFUSCO.

Joline é uma jovem bailarina talentosa, com uma dança encantadora e bastante técnica, que dá muito gosto assistir. Essa indicação é mais do que merecida, em função da trajetória dela, bem como sua ética, profissionalismo e, é claro, o enorme talento já citado.









Eu particularmente fikei muito feliz quando soube, não só por curtir ver uma brazuca tribalesca como pré-selecionada na Cia, mas porque tenho muito carinho e admiração pela Joline, sendo ela uma das minhas bailarinas de tribal preferidas.




QUEM É JOLINE ANDRADE?







Joline Andrade começou estudando Ballet Clássico na “Academia de Danças Lúcia Helena D’Angelo” em Recife(PE) aos 4 anos de idade e logo transferiu seus estudos para a Dança Oriental aos 15 anos em Vitória da Conquista (BA) com a professora Marilene Sobrinho.

Ministrou aulas de Dança do Ventre desde 2003 e aulas de Ballet Clássico em 2003 e 2004 na Dançart Escola de Dança e na Escola Ytalo Miranda.

Participou do Projeto Passo de Arte em 2004 (Santos-SP) e em 2006 (Indaiatuba-SP) capacitando-se em workshops de Dança Contemporânea, Ballet Clássico e Jazz Musical Theatre ministrados por Holly Cravell (EUA), Carlos Santos Junior (BRA), Toshie Kobayashi (BRA) e Fernanda Chamma (BRA).

Em 2006 foi professora da oficina de Dança do Ventre do Subprojeto PROUNICA – Cultura e Arte do projeto Universidade para Todos – UESB em Vitória da Conquista (BA).
Foi selecionada para o curso de graduação da Escola de Dança da UFBA em 2007 e lá assumiu o cargo de professora de Dança do Ventre do curso de extensão.

Ministrou oficinas para o Seminário de Estudos do Eixo e Alinhamento Corporal promovido pelo Departamento de Técnicas e Práticas Corporais da Escola de Dança da UFBA em 2007 e ministrou workshops de Dança do Ventre e Dança Tribal em Vitória da Conquista nos anos de 2007, 2008 e em Feira de Santana e Itabuna em 2009.


Escreveu ensaios monográficos com os temas “Dança Tribal: pluralidade étnica e fusão contemporânea” e “Identidade em fractais: um contexto contemporâneo no pensamento sobre a Dança Tribal”, onde pôs em questão fenômenos culturais como o hibridismo, a mestiçagem e a noção de identidade para analisar o “surgimento” do Estilo Tribal até suas produções atuais.

Já participou de workshops ministrados por bailarinas da casa de chá egípcia “Khan el Khalili” de São Paulo como Kahina, Aziza, Malak, Munira, Nur, July, Nuriel el Nur e Aysha Almeé, com a bailarina Saida (ARG) e maestro Mário Kírlis (ARG), com Sharon Kihara (EUA), Mardi Love (EUA), Ariellah (EUA), Nanda Najla, Mariana Quadros, Kilma Farias, Carol Shavarosk, Nadja el Baladi, Carlos Clark, Adriana Bele Fusco, Douglas Felis (EGT), Bela Saffe e Ives al Sahar.

Campeã baiana e vice-campeã nacional na categoria profissional de Dança Tribal na Audição Internacional Bele Fusco 2009.

Criadora e produtora do “Encontro Regional de Dança do Ventre” que ocorreu nos anos de 2007, 2008 e 2009, estes últimos com a participação especial de Nuriel el Nur (Khan el Khalili) e Kahina Barros (Khan el Khalili), reunindo o maior grupo de pessoas interessados na dança em Vitória da Conquista-Ba até então.
Em 2009 participou do “Encontro de Professores” e do “Workshop de Ballet Clássico” com a São Paulo Cia. de Dança em Salvador.

Hoje, além de continuar aprimorando seus conhecimentos na área da dança e estar presente em um Curso de Licenciatura em Dança, continua lecionando em Salvador e região, buscando enriquecer as produções desta área.

Atua e trabalha com a Dança do Ventre, Tribal Fusion, Ballet Clássico, Ballet Moderno e Dança Contemporânea na cidade de Salvador.



Com tanta experiência, era de se esperar essa indicação. Joline é um talento nato, onde não é difícil ver que sua dança não sai do corpo, e sim DA ALMA. Ela consegue se superar a cada apresentação, cada movimento de quadril, cada ondulação de mãos...


Desejo do fundo do coração que ela seja selecionada e represente nossas bailarinas brasileiras com o mesmo carisma, talento e garra com que ela sempre encantou nossos olhos com sua dança magicamente bela.

PARABÉNS JOLINE!!! E BOA SORTE PRA PRÓXIMA ETAPA! Estamos torcendo por vc!






(FONTE: Dança Tribal Bahia)


Nenhum comentário: